Seja bem-vindo Théo

Hoje o sol brilhou lá fora.

Pouca gente percebeu.

É que os homens guardam os sonhos.

Bem distantes, no apogeu.

Os dias passam depressa.

A noite é pra descansar.

E onde brilhava o sol.

Lua cheia vem despontar.

Hoje o sol brilhou aqui dentro.

Todo mundo parou para ver.

É que o Théo chegou trazendo.

O brilho do amanhecer.

Os dias não passam em vão.

A noite é pra recordar.

Os sonhos que estavam longe.

Voltaram para o seu lugar.

E tudo tem mais sentido.

As cores ganharam nomes.

Não existe mais vazio.

Só um mundo de amores.

Tia Ellen

photoImagem

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s