O começo de uma nova vida – episódio 6 – sexta temporada

Quinta-feira completarei 6 meses de cirurgia. No primeiro mês, o terceiro e o sexto é obrigatório passar pelos médicos que te deram o laudo para que eles acompanhem seu desenvolvimento. Por isso, tive que faltar 1 dia no serviço e ficar sexta e sábado indo a consultas e fazendo exames de sangue para verificar como andam minhas vitaminas, proteínas, hormônios etc. Aproveitei também para fazer radiografias e constatar que preciso mesmo retirar a vesícula (cheinha de pedras) e os miomas do útero que voltaram com força (para poder engravidar).

Fora isso, está tudo ótimo. Os médicos esperavam que eu pesasse 80 quilos no final de 1 ano e eu estou pesando 84 em 6 meses. Tiveram que traçar um novo objetivo para mim. Aeeeeeeeeeee. Agora preciso chegar aos 67 quilos nos próximos 6 meses. Mas eles não tem como me dizer se emagrecerei 3 quilos por mês (3×6=18) ou terá meses que não perderei nada. Então, a partir de agora, depende muito da minha dedicação, dos exercícios físicos e do comprometimento em continuar não comendo doces.

Por falar em doces, vou contar o que aconteceu comigo nas últimas 2 semanas. Eu sabia que a partir dos 6 meses, as pessoas que passaram pela cirurgia bariátrica não corriam mais risco de ter a Síndrome de Dumping. Mas o que é isso?

É uma complicação comum que faz com que ocorra a passagem do contéudo gástrico que está no estômago para o intestino de forma muito rápida. Pode causar sonolência, fraqueza, náuseas, cólicas, desmaios, hipoglicemia, dificuldade de concentração, diarréia logo após a pessoa ter se alimentado ou de 1 a 3 horas depois.

Então, como faltava pouco para completar 6 meses, quando fui ao cinema sozinha e ganhei um chocolate na entrada, não resisti. Comi devagarinho esperando para ver minhas reações. Cheguei em casa, me deitei e continuei esperando. Mas não senti nada. Foi a pior coisa que eu poderia ter feito. Descobri que não passaria mais mal, e agora deixar de comer doces deveria partir da minha consciência.

Perguntei a nutricionista e ela disse que não era para eu ficar tão feliz. Que eu poderia comer um sonho de valsa no lugar de algum lanche da tarde de 100 calorias. Mas que talvez outros tipos de doces me fizessem mal.

E ontem pude comprovar. Tomei uma colher de mel com própolis para melhorar a tosse e comecei os sintomas. Primeiro, não conseguia manter os olhos abertos. Depois, comecei a ficar tonta. Passado 1 hora e meia eu mal conseguia ficar de pé. Fui cambaleando, tentando me concentrar em um pé após o outro, para ver se conseguia chegar em casa. Cheguei. Pálida, a boca branca, suando muito, pressão baixa. Deitei na cama tremendo de frio. Fui melhorar depois de 4 horas. Ou seja, nunca mais quero passar por isso. Nada de açúcar branco no meu sangue.

Agora vamos as medidas:

84 quilos.

numeração 44.

cintura reduziu de 106 para 82.

menor quadril reduziu de 127 para 103.

maior quadril reduziu de 129 para 111.

menor coxa reduziu de 68 para 54.

maior coxa reduziu de 76 para 63.

busto reduziu de 122 para 102.

braço reduziu de 47 para 36.

costas reduziu de 48 para 37.

Legal. Ainda mais que agora fiz um limpa nos armários da minha mãe e minha irmã pegando tudo que eu achava bonito e servia para mim, hehehe.

Anúncios

Uma opinião sobre “O começo de uma nova vida – episódio 6 – sexta temporada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s