Doce, doce, doce. A vida é um doce.

Ontem minha brigadeirinha fez aniversário. Aproveitei para ficar recordando o dia que a conheci. Lembro que foi com sua mãe (a tia Sandra) checar se eu e a Carol éramos mocinhas de família para morar com ela em Ribeirão. Depois tenho uns flashes da gente almoçando na cantina da faculdade. E mais tarde, dela toda à vontade pelo apê passando seus cremes Victoria Secrets para o corpo.

Ainda sinto o cheiro do shampoo de cabelo. Escuto claramente o som da voz cantando Alanis. Consigo me lembrar exatamente da carinha brava que fazia quando alguém a contrariava. E que se o dia estava ruim, nada como uma caixa de BIS branco para melhorar o humor.

Há 10 anos nos tornamos mais do que amigas. Somos, para sempre, irmãs. Por isso, é redundante falar de momentos, mas nunca é demais falar do amor que ela me faz sentir. Ao seu lado, me sinto segura, confortável, repleta, serena. Saber que posso contar com a amizade dela (apesar da distância) me faz cada dia um pouco mais feliz.

Obrigada brigadeirinha. Muitas felicidades em mais este ano de vida.

Imagem

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s